{{selectedLanguage.Name}}
Entre Sair
×

A Coroação de Napoleão

Jacques-Louis David

A Coroação de Napoleão

Jacques-Louis David
  • Data: 1807
  • Estilo: Neoclassicism
  • Gênero: Pintura histórica
  • Mídia: oil, canvas
  • Dimensões: 621 x 979 cm
  • Ordem
    de reprodução

A Coroação de Napoleão (em francês: Le Sacre de Napoléon) é uma pintura de 1807 do artista francês Jacques-Louis David. A obra retrata o momento da coroação de Napoleão I como Império da França na Catedral de Notre-Dame, em 2 de dezembro de 1804. A pintura, de dimensões impressionantes, possui 10 metros de largura e 6 metros de altura, e integra o acervo do Louvre. Na obra, é possível observar Joséphine de Beauharnais, esposa de Napoleão, a receber a coroa das mãos de seu marido.

A pintura foi encomendada pelo próprio Napoleão Bonaparte em setembro de 1804, meses antes de sua coroação. David, no entanto, deu início aos trabalhos em 21 de dezembro de 1805 na antiga capela do Colégio de Cluny, nas proximidades da Soborne, que lhe servia de ateliê. Com auxílio de seu aprendiz, Georges Rouget, o pintor retocou a pintura pela última vez em novembro de 1807. De 7 de fevereiro a março de 1808, a obra ficou exposta ao público, porém permaneceu sob propriedade do pintor até 1819, ano que em que foi devidamente cedida aos Museus Reais, permanecendo em reserva até 1837. Sob ordens do Rei Luís Filipe, a pintura foi instalada na Salle du Sacre, do Palácio de Versalhes. Somente em 1889, foi transferida ao Louvre, onde permanece até aos dias atuais.

Em 1808, ano de apresentação da obra pela primeira vez, investidores norte-americanos encomendaram uma réplica a David. O pintor começou a trabalhar na réplica no mesmo ano, tendo finalizado-a em 1822, durante seu exílio em Bruxelas. Em 1947, a réplica foi transferida para a França e abrigada no Palácio de Versalhes.

Esta é uma parte do artigo da Wikipedia usado sob licença CC-BY-SA. O texto completo do artigo está aqui →


More ...
Propaganda