{{selectedLanguage.Name}}
Entre Sair
×

Beatrix Potter

Helen Beatrix Potter

Helen Beatrix Potter (Londres, 28 de julho de 1866 — Lakeland, 22 de dezembro de 1943) foi uma escritora, ilustradora, micologista e conservacionista inglesa, célebre por seus livros infantis de grande originalidade e valor intemporal. Sua obra mais famosa é A História do Pedro Coelho, um relato das travessuras do Peter Rabbit na horta do Seu Gregório.

Beatrix Potter nasceu no nº 2 de Bolton Gardens, em Kensington Square, Londres, no dia 28 de julho de 1866. Sua família, da alta burguesia, era ligada ao comércio de algodão. Ela estudou em casa e recebeu das governantas uma educação vitoriana. Teve um irmão, Bertram, seis anos mais novo do que ela.

Beatrix e o seu irmão cresceram com poucos amigos fora da sua família. Os seus pais tinham inclinações artísticas, interessavam-se pela natureza e gostavam do campo. Quando eram crianças, Beatriz e Bertham tinham vários animais de estimação. Na sala onde tinham aulas, mantinham ratos, coelhos, um ouriço e alguns morcegos, assim como uma coleção de borboletas e outros insetos que desenhavam e estudavam. Beatrix dedicava-se a tratar dos animais e levava-os consigo quando a família ia de férias.

Quando Bertram foi estudar fora, Beatrix, uma menina tímida, reservada e solitária, tinha como companhia os seus animais de estimação. Ela gostava de observar o comportamento deles e começou a desenhá-los quando tinha nove anos. Nas férias de verão, viajava com a família para o campo. Foi primeiro para a Escócia e, mais tarde, para Lake District, na Grã-Bretanha. Aprendeu a apreciar a natureza de perto. Mais tarde estudou arte e história natural.

Na adolescência, Beatrix Potter começou a escrever um diário secreto, em código. Quinze anos após a sua morte, o código pôde ser decifrado. Foi publicado em inglês, sob o título de Beatrix Potter: A Journal.

O pai de Beatrix, Rupert William Potter (1832-1914), embora fosse advogado, seguia o comportamento dos homens abastados da sua época: raramente exercia a profissão e passava os seus dias em clubes de cavalheiros. Sua mãe, Helen Potter Leech (1839-1932), filha de um comerciante do algodão, embora gostasse de pintura, dedicava-se a cultivar novas relações sociais. A família mantinha-se com a renda herdada dos avós de Beatrix.

No verão, Rupert Potter alugava uma casa no campo; primeiramente, em Perthshire, na Escócia, onde a família passou onze verões, de 1871 a 1881; mais tarde, uma outra casa, na região de Lake District, na Inglaterra. Em 1882 a família encontrou-se com o pároco do lugar, Canon Hardwicke Rawnsley, que temia os efeitos causados pelo turismo e pela indústria em Lake District. Mais tarde, em 1895, ele obteria apoio nacional para ajudá-lo a proteger o campo. Beatrix Potter apaixonara-se pelas montanhas ásperas e pelos lagos escuros e aprendera com Rawnsley a importância de tentar proteger a região, algo que iria permanecer com ela o resto da sua vida.

O interesse de Beatrix na ilustração e na literatura foi profundamente influenciado por contos de fada. Ela cresceu com as Fábulas de Esopo, os contos dos Irmãos Grimm e de Hans Christian Andersen e contos tradicionais e mitológicos escoceses. As histórias do Compadre Coelho de Joel Chandler Harris eram bastante apreciadas pela sua família e Beatrix estudou e ilustrou as histórias do Tio Remus do mesmo autor. Os livros de ilustrações de Walter Crane, Kate Greenway e Randolph Caldecott também a influenciaram.

Esta é uma parte do artigo da Wikipedia usado sob licença CC-BY-SA. O texto completo do artigo está aqui →


More ...
Beatrix Potter Obras de arte
View all 32 obras de arte