{{selectedLanguage.Name}}
Entre Sair
×

António Carneiro

António Teixeira Carneiro Júnior

Поделиться: Artigo da Wikipédia

António Teixeira Carneiro Júnior (Amarante, 16 de Setembro de 1872 - Porto, 31 de Março de 1930) foi um pintor, ilustrador, poeta e professor português.

Durante a sua vida foi um artista com grande sensibilidade, voltando-se mais para o sentimento do que para a razão, buscando mais emocionar do que explicar, dedicando-se acima de tudo à pintura de retrato traduzindo neles o estado psicológico do modelo. Por esse motivo muitos o chamam de “retratista de almas”. Dedicou-se ainda à pintura religiosa e histórica.

Aos 28 anos foi premiado na Exposição Universal de Paris, com a obra “A Vida” e a partir daí foi um suceder de prémios, tanto na Europa como nos Estados Unidos.

As suas principais influências foram Leonardo da Vinci, da época Renascentista, Rembrandt na altura Barroca e em especial o pintor simbolista Durer em qual se inspirou para a sua própria assinatura. Ainda foi professor de Desenho na Escola de Belas-Artes do Porto e aí permaneceu até ao dia da sua morte em 1930. Essa sua última morada, foi na casa atelier, que partilhou com o seu filho igualmente ilustre desenhador Carlos Carneiro (1900-1971) do estilo modernista. Casa essa transformada em casa museu pela Câmara Municipal do Porto, na rua que igualmente homenageia o pintor, e que, apesar de votada ao esquecimento pelo público se encontra aberta.

Pode-se encontrar colaboração da sua autoria nas revistas Revista da nova (1901-1902), Serões (1901-1911) Atlantida (1915-1920), Contemporânea (1915-1926) e Terra portuguesa (1916-1927).

Encontra-se representado no Museu da Fundação Dionísio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro, em Águeda.

Esta é uma parte do artigo da Wikipedia usado sob licença CC-BY-SA. O texto completo do artigo está aqui →


More ...
António Carneiro Obras de arte
View all 20 obras de arte
Propaganda