{{selectedLanguage.Name}}
Entre Sair
×

Wassily Kandinsky

Василий Кандинский

Wassily Kandinsky

Василий Кандинский

Поделиться: Artigo da Wikipédia

Wassily Kandinsky (em russo: Василий Кандинский; Moscou, 16 de dezembro de 1866 (4 de dezembro no calendário juliano, então em vigor na Rússia) — Neuilly-sur-Seine, 13 de dezembro de 1944) foi um artista plástico russo, professor da Bauhaus e introdutor da abstração no campo das artes visuais. Apesar da origem russa, adquiriu a nacionalidade alemã em 1928 e a francesa em 1939.

Wassily Kandinsky passou grande parte da infância em Odessa. Filho de pais divorciados, ele foi educado pela tia. De volta à capital russa, estudou Direito e Economia na Universidade de Moscou, chegando a diplomar-se em Direito aos 30 anos, porém desistiu dessa carreira.

Kandinsky se casou em 1892 com a sua prima Anya Chimiakin, que o acompanhou, em 1896, quando ele se transferiu para Munique, iniciando os seus estudos em pintura .

O estilo da escola de Ažbè desiludiu Kandinsky, que preferia pintar paisagens coloridas ao ar livre, em vez de modelos "mal cheirosos, apáticos, inexpressivos, geralmente destituídos de caráter".

Após vinte anos, o pintor tentou, sem sucesso, inscrever-se num curso ministrado por Franz von Stuck. Um ano depois, ingressou finalmente no curso, que frequentou até 1900. Em maio de 1901, Kandinsky foi um dos fundadores da Sociedade Artística Phalanx e lecionou na escola fundada pouco tempo depois pela sociedade. Uma das suas alunas foi Gabriele Münter, que viria a ser sua companheira até 1917. Kandinsky separou-se de Anya Chimiakin em 1916.

Na década de 1910, Kandinsky desenvolveu seus primeiros estudos não figurativos - sendo por isso considerado o primeiro pintor ocidental a produzir uma tela abstrata. Algumas das suas obras dessa época, a exemplo de "Murnau - Jardim 1" (1910) e "Grüngasse em Murnau" (1909), mostram a influência dos verões que Kandinsky passava em Murnau, notando-se um crescente abstracionismo nas suas paisagens.

Outra influência nas suas pinturas foi a música do compositor Arnold Schönberg, com quem Kandinsky manteve correspondência entre 1911 e 1914.

Quando explode a Primeira Guerra Mundial, Kandinsky é forçado a abandonar a Alemanha, partindo para a Suíça, acompanhado por Gabriele Münter em 3 de agosto de 1914, esperando que o conflito terminasse rapidamente. Quando isso não se concretizou, o artista voltou à Rússia, separando-se de Münter, a 16 de novembro do mesmo ano. Aproveitando uma exposição em Estocolmo em 1916, Kandinsky permanece na Suécia, onde conhece a sua terceira companheira, a russa Nina de Andreewsky. Com o advento da Revolução Russa, em 1917, volta à Rússia, interessado e esperançoso nos rumos do país. Porém, por discordar da política cultural oficial que passa a orientar a produção artística russa, o pintor retorna à Alemanha em 1921.

Em constante contato com as vanguardas artísticas, Kandinsky leciona na Bauhaus até 1933, quando a escola é fechada pelo governo nazista. O artista decide então transferir-se para Paris, onde permanecerá até o fim de sua vida, em 1944. Encontra-se sepultado no Cimetière ancien de Neuilly-sur-Seine.

Desenvolveu a arte abstrata até o final de sua vida. Com Piet Mondrian e Kasimir Malevich, Wassily Kandinsky faz parte do "trio sagrado" da abstração.

A criação de Kandinsky de trabalhos puramente abstratos seguiu um longo período de intenso desenvolvimento e amadurecimento do pensamento teórico baseado nas suas experiências pessoais artísticas. Chamou a esta devoção como beleza interior, fervor de espírito e uma necessidade funda de desejo espiritual, que foi o aspecto principal da sua arte.

Esta é uma parte do artigo da Wikipedia usado sob licença CC-BY-SA. O texto completo do artigo está aqui →


More ...
Wassily Kandinsky obras famosas
View all 223 obras de arte