{{selectedLanguage.Name}}
Entre Sair
×

Georgia O'Keeffe

Georgia Totto O'Keeffe

Georgia O'Keeffe

Georgia Totto O'Keeffe

Поделиться: Artigo da Wikipédia

Georgia Totto O'Keeffe (Sun Prairie, 15 de novembro de 1887 – Santa Fé, 6 de março de 1986) foi uma pintora estadunidense. Conhecida por suas pinturas com foco em detalhes de flores, a paisagem do Novo México e os arranha-céus de Nova Iorque, é considerada hoje como a "mãe" do modernismo dos Estados Unidos.

Começou a estudar a pintura a sério em 1905, no School of the Art Institute of Chicago e depois no Art Students League of New York, mas sentia-se limitada pelas cópias que fazia de outras obras ou do que via na natureza. Em 1908, sem condições de pagar pela faculdade, ela começou a trabalhar como ilustradora e entre 1911 e 1918 deu aulas na Virgínia, no Texas e na Carolina do Sul. Conseguiu fazer curso de verão para estudar arte entre 1912 e 1914, onde conheceu a filosofia de Arthur Wesley Dow, pintor, professor de artes e fotógrafo que criou trabalhos baseados em um estilo próprio, com foco no design e na interpretação dos objetos ao invés de simplesmente representá-los ou de copiá-los. Seu contato com a filosofia de Arthur causou uma grande mudança na forma como Georgia encarava e produzia arte, refletidos em suas primeiras aquarelas e desenhos a carvão, hoje expostos na Universidade da Virgínia.

Georgia mudou-se para Nova Iorque, em 1918, onde começou a trabalhar profissionalmente como artista. Começou um relacionamento com o fotógrafo e negociante de arte, Alfred Stieglitz, que promoveu muitos de seus trabalhos em exposições. Ele se tornaria seu marido em 1924. Georgia produziu muita arte abstrata, incluindo close-up em flores, pinturas que muitos encararam como reproduções da genitália feminina. Boa parte de sua reputação de representar a sexualidade feminina veio também das fotografias produzidas de Georgia por seu marido.

Os dois viveram juntos na cidade de Nova Iorque até 1929, quando Georgia começou a ficar parte de seu tempo no sudoeste do país, que serviram de inspiração para suas representações das paisagens do Novo México, bem como imagens de crânios de animais. Após a morte do marido, ela se mudou definitivamente para o Novo México, onde abriu um estúdio em Abiquiú e depois se mudou para Santa Fé, em seus últimos anos de vida. Em 2014, seu quadro Jimson Weed, de 1932, foi vendido em um leilão da Sotheby's por US$ 44.405,000, três vezes mais caro do que qualquer pintura feita por uma mulher.

Georgia O'Keeffe nasceu em 15 de novembro de 1887 em uma fazenda em Sun Prairie, no Wisconsin. Seu antigo endereço, Highway T, nº 2405, tornou-se a Georgia O'Keeffe Memorial Highway. Seus pais eram Francis Calyxtus O'Keeffe e Ida Totto O'Keeffe, dois fazendeiros produtores de leite. Seu pai tinha ascendência irlandesa. Seu avô por parte de mãe era George Victor Totto, um conde húngaro que imigrou para os Estados Unidos em 1848, de quem Georgia herdou o primeiro nome como homenagem.

O casal O'Keeffe teve sete filhos e Georgia era a segunda mais velha. Estudou na Town Hall School, em Sun Prairie. Com apenas dez anos de idade, Georgia decidiu que seria artista e assim ela e sua irmã começaram a ter aulas particulares de uma aquarelista local, chamada Sara Mann. Georgia entrou no ensino médio na Sacred Heart Academy, em Madison, Wisconsin. No final de 1902, a família se mudou do Wisconsin para Peacock Hill, um bairro de Williamsburg, na Virgínia, onde entrou em uma escola episcopal para terminar o ensino médio, onde se formou em 1905, membro da sororidade de Kappa Delta.

Esta é uma parte do artigo da Wikipedia usado sob licença CC-BY-SA. O texto completo do artigo está aqui →


More ...
Artworks of Georgia O'Keeffe are not available in your country on copyright grounds.