{{selectedLanguage.Name}}
Entre Sair
×

O que a água me deu

Frida Kahlo

O que a água me deu

Frida Kahlo
  • Título Original: Lo Que el Agua Me Dio
  • Data: 1938
  • Estilo: Naïve Art (Primitivism), Surrealism
  • Gênero: symbolic painting, self-portrait
  • Mídia: oil, canvas
  • Dimensões: 91 x 70,5 cm

O que a água me deu (Lo que el agua me dio, em espanhol) é uma pintura de Frida Kahlo. A data de criação é 1938.  A obra foi produzida com tinta a óleo. Faz parte da coleção privada de Daniel Filipacchi.


A pintura integrou a primeira exposição individual de Kahlo na Julien Levy Gallery em Nova York, em novembro de 1938.


A pintura tem uma função biográfica, em que busca expressar elementos do inconsciente, com a justaposição de objetos aparentemente não condizentes. Há referências a várias tradições iconográficas nessa combinação de objetos: mitologia, simbolismo, erotismo, expressões mexicanas originais. Os elementos criam um clima para a representação das pernas da artista numa banheira.


Influenciaram a obra Meus avós, meus pais e eu, da própria Kahlo, e uma pintura de Hieronymus Bosch, do século XV. Há elementos deste último na representação da vegetação e dos animais. Há ainda elementos macabros, como um esqueleto, figura recorrente da produção artística de Kahlo.


Diferentemente de outras obras de Kahlo nesta não há uma figura dominante, sendo uma possível síntese de elementos de vários quadros anteriores.



Esta é uma parte do artigo da Wikipedia usado sob licença CC-BY-SA. O texto completo do artigo está aqui →


Mais ...
Tags:
allegories-and-symbols
  • Tag is correct
  • Tag is incorrect
famous-people
  • Tag is correct
  • Tag is incorrect
Frida-Kahlo
  • Tag is correct
  • Tag is incorrect

Court Métrage

Filmes curtos